quarta-feira, abril 17, 2024

Últimas Notícias

Audaces amplia interação com universidades para formar talentos e acelerar projetos de inovação na indústria da moda

Empresa ultrapassou a marca de 20 mil profissionais de moda que tiveram acesso às suas tecnologias ainda na faculdade nos últimos 30 anos, consolidando a liderança no setor

A multinacional ítalo-brasileira Audaces, especialista em tecnologias para as indústrias têxtil, de moda e confecção, alcançou um feito importante na sua relação com faculdades de moda no Brasil: desde a sua fundação na década de 1990 até 2024, a companhia ultrapassou a marca de 20 mil alunos formados com conhecimento em suas tecnologias dedicadas à indústria da moda, que estão presentes em mais de 70 países e detém 70% do market share do setor na América Latina.

A contribuição da empresa de Florianópolis (SC) para formar profissionais qualificados ao mercado de trabalho deve se intensificar ao longo deste ano com a volta às aulas nas universidades, o que significa esperar por avanços em projetos que mantém alunos em formação. Esses programas de desenvolvimento acadêmico e para a indústria são capazes de moldar diferentes setores, tornando-os mais competitivos e tecnológicos.
 

Em termos de sociedade, as colaborações entre Audaces e a academia podem servir para buscar soluções em conjunto para problemas e desafios sociais que, se superados, podem melhorar a qualidade de vida dos profissionais do ramo e pessoas em geral. Para os alunos, o benefício se dá pelo acesso às experiências de trabalho “na prática”, oportunidade de aprendizado e desenvolvimento técnico e habilidades importantes para o sucesso profissional.

Já para a empresa, o valor dessas parcerias engloba o acesso a talentos que podem agregar ideias e conhecimentos para o desenvolvimento de seus projetos, visando aprimorar sistemas e produtos e o desenvolvimento de soluções de ponta. Hoje a Audaces tem um ambicioso plano de ser referência global em criação 5.0 na moda e compartilhar conhecimento junto às universidades é uma das maneiras de alavancar seus projetos no futuro: em média, mais de 600 profissionais são formados por ano já com conhecimento ou interação com soluções da Audaces.

A relação entre Audaces e universidades é antiga. Isso porque, o impacto da educação na formação empreendedora e no avanço da digitalização é a história que deu origem à empresa. Criada em 1992 pelos sócios Claudio Grando e Ricardo Cunha, que ainda eram graduandos de Ciências da Computação pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Na época, eles já tinham como propósito buscar uma maneira inovadora de aplicar o conhecimento adquirido na faculdade e que pudesse transformar vidas e empresas.
 

Sem deixar para trás as raízes do negócio, a Audaces investe em parcerias específicas com universidades desde então. São parcerias comerciais mantidas com várias instituições de ensino superior, entidades de classe e Governo, no qual a empresa fornece suas soluções para o ensino-aprendizagem. Os softwares são subsidiados através da versão educacional e os equipamentos disponibilizados com descontos consideráveis, por meio de contratos vigentes por 12 meses, e renovados ano-a-ano.
 

Capacitação, inclusão digital e inovação

De acordo com a Audaces, há uma franquia específica para atendimento dessas negociações, sob liderança comercial de Paulo Cunha. Os projetos têm três propostas de trabalho: a capacitação, inclusão digital e desenvolvimento.
 

“Essas etapas independem uma da outra e podem ser feitas separadamente. A Capacitação visa a formação de mão-de-obra qualificada com conhecimento de nossas tecnologias; a Inclusão Digital busca levar a nossa tecnologia para dentro das empresas; e o Desenvolvimento da Produção considera a utilização de nossas tecnologias pelos Governos e Entidades de Classe para uso na produção de micro e pequenas empresas”, explica.

Além de levar a tecnologia da Audaces para dentro das instituições e empresas, os projetos com as instituições demandam contrapartidas dos parceiros como, por exemplo, questões financeiras (alguns abonados), de estrutura e mão de obra. “Dentre os principais resultados alcançados, destacamos que, além da formação de milhares de alunos com conhecimento nas nossas tecnologias, prontos para o mercado de trabalho, hoje mais de 500 empresas utilizam nossas tecnologias junto às sedes criadas pelos governos, com incremento de mais de 300% na produção da região atendida”.
 

A empresa aponta ainda que a indústria têxtil e de confecções apresenta uma série de desafios e oportunidades que, com a utilização das tecnologias da Audaces, fazem com que os universitários em moda já saiam preparados para o mercado de trabalho com know-how em várias frentes de negócios.

“Os alunos se tornam um elemento propulsor para o desenvolvimento e crescimento da empresa. Já a Audaces, em médio, longo e às vezes muito longo prazo, tem a certeza que esse aluno levará a nossa tecnologia para dentro das empresas — direta ou indiretamente — ou será um futuro empresário, iniciando o seu empreendimento já com o uso de nossas tecnologias”, conclui Paulo Cunha.
 

Imersão no “futuro” modelo de trabalho
 

Entre as iniciativas de destaque da Audaces está a parceria com o Curso de Design de Moda da Universidade do Vale do Itajaí (Univali), em Balneário Camboriú (SC). São mais de 20 anos de colaboração e milhares de alunos da instituição que foram capacitados para o uso do Audaces 360 — única plataforma no mundo que conecta desde a área de vendas até a produção em um único ambiente.
 

“O benefício principal (da parceria) está em já trazer as inovações da indústria e do mercado para dentro da sala de aula, aumentando as oportunidades, desde as práticas de estágio, do conhecimento, do desenvolvimento das atividades acadêmicas, e, ampliando as possibilidade de trabalho deste futuro profissional quando concluir o curso”, avalia Alessandra Devitte, coordenadora dos cursos de design de interiores, design e design de moda Univali.
 

Conforme a especialista, a tecnologia já vem se mostrando fundamental há algum tempo e a velocidade de transformação traz mudanças significativas no comportamento da sociedade como um todo e, principalmente, nos processos produtivos. “A necessidade de inserção tecnológica e a necessidade de vincular, por exemplo, a academia a essa realidade e a essas inovações é muito importante”.
 

Para Ricardo Beduschi, professor do curso de Design e Moda da Univali, contar com parceria como a da Audaces é uma experiência desafiadora, mas gratificante. “A partir do momento que eles (alunos) vão descobrindo (o software), vão tendo as aulas, e vão praticando, percebem um mundo novo de possibilidades. Essa tecnologia não se dá apenas com mais um programa, mas ela acaba fazendo sentido na vida profissional futura desse aluno”, considera.

Latest Posts

MAIS VISTAS

Pular para a barra de ferramentas