quinta-feira, junho 20, 2024

Últimas Notícias

O Bloco AfroReggae carrega milhares de foliões na praia de Copacabana

Completando sua maioridade, 18 anos, o Bloco Afroreggae desfilou neste sábado de carnaval (10), na Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro. O bloco se concentrou no Posto 5 e saiu por volta das 13h rumo ao Posto 7. Foram 2 horas de muita diversão!!! 

De cima do trio era só empolgação, com um repertório eclético, o bloco foi do samba ao funk, incluindo uma homenagem ao ícone do funk carioca Mc Marcinho. Os integrantes do bloco aproveitaram o desfile para comemorar um movimento significativo, onde eles passam a integrar ao selo da Crespo Music, esta parceria é um testemunho do compromisso mútuo com o empoderamento de artistas negros e oriundos de favelas, bem como uma plataforma para promover a diversidade na indústria musical. O primeiro artista da gravadora, Andyn, cantou seu lançamento “Terremoto” que já está disponível em todas as plataformas digitais .O primeiro artista da gravadora, Andyn, cantou seu lançamento “terremoto” que já está disponível em todas as plataformas digitais

“O grupo AfroReggae tem sua sonoridade própria, percussão própria. São músicos muito bem gabaritados e sabem muito bem o que estão fazendo. Fazer uma homenagem ao Mc Marcinho, pelo Bloco AfroReggae, por um grupo que completou 31 anos, acho que tinha tudo a ver. Fazer a seleção do repertório foi a parte mais difícil, porque o Marcinho tem tanta coisa linda, uma obra tão bonita, escolhemos 10 músicas que vão emocionar o povo e vai colocar o povo para cantar literalmente.”, pontuou Sany Pitbull

“Eu costumo dizer que o Bloco Afroreggae é a personificação da palavra groove. Eu nunca tinha vivenciado uma experiência musical tão completa e diferenciada como a que vivemos hoje. Levamos toda nossa energia pro trio e levantamos a galera com nosso som e nosso coração”. declarou Negawal – vocalista do Bloco

Reconhecido por seu compromisso com a inclusão, o Bloco AfroReggae destaca-se por seu apoio às comunidades historicamente estigmatizadas como pobres, negros, pessoas de favelas, de áreas periféricas e da comunidade LGBTQIAPN+. Sob a direção do renomado DJ Sany Pitbull, o bloco apresenta um repertório eclético que abrange rock, funk, axé, reggae e outros ritmos, garantindo uma experiência musical verdadeiramente inclusiva.

Latest Posts

MAIS VISTAS

Pular para a barra de ferramentas