sábado, julho 20, 2024

Últimas Notícias

Fast Fashion: a preocupação da Geração Z

Desmatamento, produtos químicos e descarte inadequado colocam em risco o equilíbrio ambiental

O mundo da moda, como o conhecemos hoje, é dominado pelo consumismo desenfreado. A década de 90 viu o surgimento do conceito de fast fashion, atendendo à demanda por roupas acessíveis e tendências em constante mudança.

Estima-se que 500 bilhões de dólares são perdidos anualmente com roupas que foram pouquíssimo usadas e que não são recicladas, sendo descartadas em aterros. As peças de fast fashion são projetadas para durar pouco, incentivando o descarte frequente e a compra de novas roupas. 

Outro ponto que não se deve ignorar é o impacto ambiental causado por esse cenário; a produção de fibras como viscose, por exemplo, exige o desmatamento de florestas nativas, ameaçando a biodiversidade e intensificando as mudanças climáticas.

Além do desmatamento, produtos químicos tóxicos usados na fabricação das peças são descartados em rios, mares e solos. 

Como a Gen Z se comporta?

Hoje, o poder de compra está em novas mãos: a Geração Z. Para se manter relevante no mercado de moda dinâmico e competitivo, é indispensável entender as novas tendências e o comportamento dessa geração.

É nesse contexto que a pesquisa inédita do FFW e da DEZON se torna essencial, mapeando o comportamento de consumo da Geração Z e o reflexo no fast fashion.

A pesquisa evidencia a crescente preocupação da Geração Z com questões ambientais. No entanto, o alto custo dos produtos sustentáveis impede que muitos consumidores os adquiram. Assim, o preço ainda se configura como um fator decisivo no momento da compra. 

Em dados, 73% dos entrevistados enxergam as práticas do fast fashion como problemas que atingem o meio ambiente negativamente. E mesmo com consciência, 21% das pessoas responderam que não deixariam de comprar por conta do fácil acesso às tendências e dos preços mais baixos.

A indústria da moda precisa ser repensada. Através do consumo consciente e do apoio a práticas sustentáveis, é possível reduzir os danos ambientais e construir um futuro mais justo e em harmonia com o planeta.

Como minimizar os danos

Há muitos caminhos e ações que podem ser seguidos visando reduzir os danos ambientais, como optar por marcas sustentáveis, comprar menos roupas e investir em qualidade e cuidar bem de tênis infantil com as instruções das etiquetas para aumentar a durabilidade. 

Mais uma alternativa é investigar e pesquisar o plano de gestão ambiental da marca e os processos aplicados na produção antes da compra, assim abre-se margem para a indústria têxtil disponibilizar melhores condições de trabalho aos colaboradores e ter responsabilidade pelos recursos utilizados. 

Latest Posts

MAIS VISTAS