sexta-feira, 19 agosto, 2022

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Proteja quem você mais ama! Veja melhores dicas

Sempre que se fala de ter ou adotar um cachorro, a maioria das pessoas pensam imediatamente nos benefícios e nas partes boas, realmente eles são os melhores amigos do homem, e adotar um é ter ao seu lado um companheiro fiel para a vida toda.

Com isso, muitos se deixam levar pela facilidade e coisas boas, porém, os donos de cachorros bem sabem que não é um mar de rosas e com grande frequência ocorrem problemas e adversidades que fazem parte do caminho.

Mesmo com esses problemas no caminho, ainda assim vale muito a pena, e prova maior disso é que os cães são os animais de estimação favoritos dos brasileiros, contando com mais de 52 milhões de cachorros nos lares brasileiros, dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o que aponta que quase 45 % das casas no país possuem ao menos um cachorro.

Cuidar de um destes animais é um bom desafio que vai te exigir muitas coisas, mas a experiência é sempre gratificante. Todo cão  precisa de cuidados especiais, assim como pessoas e crianças é necessário saber o que faz e como o faz.

Se você é uma dessas pessoas que possuem um cachorro ou então está no processo para adotar um, veio ao lugar correto, este artigo é completamente voltado a você, que está busca de saber como cuidar de um cachorro da forma correta, visando sempre a longevidade e qualidade de vida para o animalzinho.

Conheça o seu pet

A melhor forma de proteger o seu pet, é fazendo isso desde o começo, há muitos tutores que acreditam que não precisam de acompanhamento de um profissional veterinário, procurando apenas quando o animal apresenta algum problema de saúde ou dificuldade.

Veja Também  Tiroteio interrompe live de grupo de pagode em Angra dos Reis

Mas a melhor forma de proteger o animal é sabendo todos os problemas, como anda a saúde dele e que isso seja muito bem pensado desde o começo, desde o momento da adoção, procure um profissional para fazer um checkup, realizando todos os exames que o farão ter uma ideia precisa de como anda a saúde e os problemas que podem ser enfrentados no futuro.

Com isso, você vai poder sempre saber quais são as limitações e possíveis problemas que o seu pet vai enfrentar para já começar a evitá-lo ou remediar muito cedo.

As visitas ao veterinário devem ser feitas com uma grande frequência, no mínimo uma vez por ano, para evitar os problemas que podem se desenvolver.


Vacinação dia

Conforme você mais se aprofunda na saúde do pet, mais é possível notar que os princípios de uma boa qualidade de vida funciona exatamente como os nossos dos seres humanos, por mais que hajam sim, diferenças, sua base, o que faz um animal ser saudável também se aplica a nós, seres humanos.

Uma ótima forma de ter certeza que os animais estarão completamente saudáveis e bem de vida é estabelecendo justamente uma rotina de visitas ao médico, aliado com o ato de seguir 100 % da caderneta de vacinação.

Com a vacinação dia, o cão vai estar protegido de uma série de patógenos que podem ser muito perigosos como raiva, tosse canina, leptospirose e hepatite.

Alimentação

De tempos em tempos é comum vermos animais devorando o que não podem, principalmente os cachorros, que bebem água suja ou comem comida não própria para a sua raça, mas isso não significa que eles não necessitam de cuidados relacionados à alimentação.

Veja Também  Onça-pintada resgatada nas queimadas é solta na natureza

Uma boa dieta é indispensável, com equilíbrio na quantidade que se come e com o que se ingere.

Muitos cães sofrem de ansiedade na hora de se alimentar, o que faz com que hajam diversos problemas de saúde, se até mesmo a forma de comer pode gerar prejuízos à saúde imagine alimentar-se de forma errada.

Toda a dieta deve ser muito bem elaborada, não necessita do apoio de um nutricionista, pois, as melhores rações do mercado já contam com tudo o que pode-se necessitar, com minerais, nutrientes e vitaminas na dosagem correta.

A forma como o animal se alimenta pode variar muito de raça, tamanho e até mesmo com as especificidades de cada pet, por isso peça orientação ao veterinário que acompanha o animal, ele vai indicar qual ração deve ser utilizada, quantidade e até mesmo se necessário o uso de suplementos que complementam a alimentação.

Muitos cães possuem em seu organismo déficit de nutrientes ou até mesmo uma necessidade maior de determinadas vitaminas essenciais, por isso é muito comum fazer o uso de atlantis ômega 3 da petvi para complementar a alimentação e não deixar que a qualidade de vida ou saúde caia.

Faça uso dos suplementos apenas com indicação médica, porém, sempre opte pelo melhor que vai complementar a alimentação desde sua primeira dose, para isso escolhe a petvi, que cuida de diversos problemas de uma só vez.

Comentários

Latest Posts

MAIS VISTAS

COMO VOCÊ GASTA O SEU TEMPO?

Assine a newsletter do PORTAL !YOBA e receba conteúdo exclusivo para seu dia.

%d blogueiros gostam disto: