quarta-feira, julho 24, 2024

Últimas Notícias

No mês de Agosto, o Theatro Municipal de São Paulo celebra os 70 anos do Ballet IV Centenário e apresenta a segunda temporada do Balé da Cidade de São Paulo

O mês está repleto de atrações, entre elas duas apresentações do Quarteto de Cordas da Cidade, Coral Paulistano com a Renascença Italiana e o Contemporary Composers Festival, um encontro internacional que proporciona experiências únicas nas vidas de compositores, maestros e instrumentistas

Em agosto, o Theatro Municipal de São Paulo realizará uma série de ações para celebrar os 70 anos da estreia pública do Ballet IV Centenário, companhia de dança criada em 1954 para as comemorações dos quatrocentos anos da cidade de São Paulo, que finalizou as suas atividades em 1955.
 

Entre os dias 9 a 18 de agosto, o palco do Theatro Municipal recebe a segunda Temporada do Balé da Cidade, com a obra Biogromerata, do coreógrafo Cristian Duarte e concepção musical para teremim de Tom Monteiro, e a nova criação de Luis Garay com composição musical de Luciano Azzigotti, ambas com participação da Orquestra Sinfônica Municipal, sob regência de Alessandro Sangiorgi. Os ingressos custam de Ingressos de R$12 a R$87 (inteira), e a apresentação tem duração aproximada de 150 minutos (com intervalo).

Entre os dias 9 e 17 de agosto, às 17h, será realizada, na escadaria externa do Theatro, a performance Fantasias Brasileiras, uma série inédita que se apresenta para a rua e que parte do histórico Ballet IV Centenário que foi dirigido por Aurélio Milloss, importante bailarino e coreógrafo hungraro. Millos permaneceu na cidade até 1955. O evento será apresentado pelo núcleo de dança Pérfida Iguana, polo de produção de dança dirigido pelos artistas Carolina Callegaro e Renan Marcondes e produzido por Tetembua Dandara. A proposta levará à rua quatro releituras de danças do histórico Ballet IV Centenário que tematizaram o Brasil, reorganizando suas imagens e gestos através do corpo para criar pinturas vivas que refletem tanto a beleza das danças da companhia quanto a violência de seu desmanche.
 

Nos dias 28 e 29, acontece no Salão Nobre, o Ciclo de Encontros: Memórias, histórias e contextos: Ballet IV Centenário 70 anos, uma série de encontros com estudiosas e estudiosos de distintas áreas do conhecimento.
 

O ciclo de encontros começa no dia 28, às 15h, com a mesa Intersecção entre memórias, gestos, danças e palavrasque propõe uma conversa com artistas que integraram o Ballet, a conversa será mediada por Helena Katz (professora-doutora da PUC-SP). No período da tarde, às 17h a segunda mesa do dia abordará o tema Ballet IV Centenário: histórias e contextos, com participação de Acácio Ribeiro Vallim Junior (professor e crítico de Dança), Karita Garcia Soares (doutora em Arte e Cultura Visual pela Universidade Federal de Goiás (UFG) e com mediação de Fernanda Bueno (coordenadora artística do Balé da Cidade).
 

Já no dia 29, às 15h, a mesa abordará o tema Resistências artísticas nos anos 1950, com participação confirmada de Rosane Borges (jornalista, escritora e doutora em Ciências da Comunicação pela USP), Amailton Azevedo (professor e pesquisador da PUC-SP) e mediação de Felipe Campos (coordenador do Núcleo de Articulação e Extensão do Theatro Municipal). E o último encontro do ciclo será às 17h, com o tema Conversa sobre acervo do Ballet do IV Centenário, e participação da equipe do Acervo do Theatro Municipal.
 

Na ocasião, o Núcleo de Acervo e Pesquisa lançará uma publicação da série Índice de fontes, com o título Ballet IV Centenário, que após ações de mapeamento, identificação e pesquisa, produziu um amplo levantamento de documentos do Ballet IV Centenário no acervo do Complexo Theatro Municipal de São Paulo, reunindo cerca de 394 itens, entre trajes de cena, programas de espetáculos, fotografias e outros tipos documentais.
 

Como parte das celebrações, na semana de 26 a 30 de agosto será exibida a Mostra de Figurinos do Balé do IV Centenário que pertence ao Acervo do Theatro Municipal de São Paulo. Nela estarão reunidos figurinos de diferentes coreografias do Balé, além de outros documentos.

Programação efervescente

No dia 04 de agosto, domingo, às 11h, a Orquestra Experimental de Repertório apresenta o concerto Revoluções Harmônicas, sob regência do maestro Leonardo Labrada. No repertório, a obra La mer, de Claude Debussy, e Sinfonia n° 7 em Ré menor, Op. 70, de Antonín Dvořák. Realizado na Sala de Espetáculos do Theatro Municipal, os ingressos vão de R$12 a R$33 (inteira), com classificação livre para todos os públicos e duração de 60 minutos.
 

No mesmo dia, 04 de agosto, domingo, às 17h, a Sala de Espetáculos do Theatro Municipal recebe o concerto Réquiem de Mozart, com participação do Coro Lírico Municipal e da Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas, sob regência do maestro Carlos Prazeres. Considerada uma das obras mais famosas do repertório de Wolfgang Amadeus Mozart, o Réquiem K. 626 foi uma encomenda feita pelo Conde Franz von Walsegg, que desejava uma missa de réquiem para o memorial de sua falecida esposa. Entretanto, a obra nunca foi finalizada por Mozart, que faleceu em 1791. A classificação é livre, a duração aproximada é de 50 minutos e os ingressos variam de R$12 a R$43.
 

No dia 08, quinta-feira, às 20h, o Quarteto de Cordas da Cidade apresentará a série Grandes Quintetos na Sala do Conservatório, na Praça das Artes. O repertório apresenta obras de Claude Debussy, Quarteto em Sol menor, e César Franck Quinteto em Fá menor. A apresentação terá Betina Stegmann e Nelson Rios nos violinos, Marcelo Jaffé na viola, Rafael Cesario no violoncelo, com participação do pianista Ronaldo Rolim. A classificação é livre, os ingressos custam R$33 e a duração aproximada de 60 minutos.
 

No dia 09/08, sexta-feira, às 18h30, o Vão da Praça das Artes recebe o Samba de Sexta, com o grupo As Sambixas. A abertura fica por conta do DJ Fred Lima, que atua há mais de 20 anos na arte da discotecagem. O grupo traz a força, os corpos e as vozes LGBTQIAPN+ para clamar também esse espaço e mostrar o samba-resistência LGBT+, com seu vasto repertório que passa por várias vertentes clássicas do samba, do samba dolente ao pagode 90. Os ingressos são gratuitos, a classificação livre e duração é de 180 minutos.

Nos dias 10, 11, 16 e 17 de agosto, o Theatro Municipal recebe o evento São Paulo Contemporary Composers Festival, um encontro internacional que proporciona experiências únicas nas vidas de compositores, maestros e instrumentistas especializados nas práticas da música contemporânea. O projeto tem como missão oferecer oportunidades de performance internacionais para artistas emergentes no século XXI. Acesse o site e saiba mais.

Já no dia 20, terça-feira, às 20h, o Coral Paulistano, sob as regências de Maíra Ferreira e Isabela Siscari, apresenta o concerto Renascença Italiana, no Salão Nobre do Theatro Municipal. O programa traz obras de Giovanni Pierluigi da Palestrina, Carlo Gesualdo, Claudio Monteverdi, Maddalena Casulana, entre outros. Os ingressos custam R$33, a classificação livre e duração é de 40 minutos.
 

Na quinta-feira, dia 22, às 20h, o Quarteto de Cordas da Cidade toca Mehmari com participação de Keila de Moraes, mezzo-soprano, na Sala do Conservatório da Praça das Artes. No repertório o grupo apresenta a composição inédita “O sonho e a vida são dois galhos gêmeos sobre textos de Gonçalves Dias e Oswald de Andrade”. Os ingressos custam R$33, classificação é livre e duração é de aproximadamente 50 minutos.

Na sexta-feira, 23, às 20h, na Sala do Conservatório, na Praça das Artes acontece a apresentação da Camerata da Orquestra Experimental de Repertório, sob regência de Leonardo Labrada. No repertório será apresentado obras de Paul Dukas, Antonín Dvořák, Richard Strauss e Giovanni Gabrieli. Os ingressos são gratuitos, a classificação é livre e a duração total de aproximadamente 60 minutos, sem intervalo.

Finalizando o roteiro de agosto, a Orquestra Sinfônica Municipal apresenta Rapsódia Para Novos Tempos, sob regência indiano Ankush Kumar Bahl. O programa traz obras de Michelle Agnes Magalhães, Ajítẹnà Marco Scarassatti, Johannes Brahms, entre outros. A apresentação acontece na Sala de Espetáculos no dia 30, sexta-feira, às 20h, e no sábado, 31, às 17h. Os ingressos variam de R$12 a R$66, com classificação livre para todos os públicos e duração de 115 minutos.

Mais informações disponíveis no site.

Latest Posts

MAIS VISTAS