segunda-feira, maio 27, 2024

Últimas Notícias

Mês das mães: Gestantes podem enfrentar dificuldades na cicatrização sem os cuidados corretos

Segundo a Dra Naíla Nunes, é possível evitar ferimentos e danos na pele no período gestacional. Saiba como.

Diante das mudanças hormonais e físicas que ocorrem durante a gestação, especialistas em dermatologia ressaltam a importância dos cuidados adequados com a pele para garantir o bem-estar das gestantes e prevenir possíveis complicações dermatológicas. Durante a gravidez, as gestantes podem enfrentar um maior risco de desenvolver feridas e dificuldades na cicatrização devido a uma série de fatores, como mudanças hormonais, estiramento da pele, aumento de peso e redução da imunidade. Para diminuir esses riscos, é importante que as gestantes adotem uma rotina de cuidados com a pele desde o início da gestação.

Dra. Naíla Nunes, dermatologista na Clínica Áurea, reforça os cuidados que mulheres gestantes devem ter. Entre eles, destaque para hidratar a pele regularmente com produtos suaves e evitar o uso de produtos mais ásperos, que possam prejudica-lá. Além disso, uma alimentação equilibrada e a ingestão adequada de água são fundamentais para a saúde da pele durante a gestação.

Ciente de que uma grande parte das mulheres costumam temer o aparecimento de estrias, Dra. Naíla Nunes destaca que ‘Para prevenir o surgimento de estrias e manchas, é aconselhável utilizar protetor solar diariamente e hidratar a pele com cremes específicos, especialmente nas áreas mais propensas, como o abdômen, mamas e quadris. É importante também evitar coçar as áreas propensas às estrias e usar roupas confortáveis que não apertem a pele”, ressalta.

Embora alguns procedimentos dermatológicos sejam contra-indicados durante a gestação como o uso de retinóides e ácidos glicólicos, outros, como depilação com cera quente e tratamentos tópicos para acne podem ser realizados com segurança, desde que sob orientação médica.

Especialista no assunto, a médica aponta que muitos pacientes costumam recorrer a produtos para barrar o aparecimento de manchas escuras na pele que aparecem nesse período. É comum encontrarem uma rápida pesquisa na internet, dicas sem nenhum tipo de apoio profissional mostrando receitas milagrosas para dar um ”fim” nas manchas escuras causadas na gravidez, mas a Dra. reforça que neste período, o ideal é evitar que haja muita exposição ao sol.

”O surgimento de algumas manchas mais escuras durante a gravidez são comuns e esperadas, principalmente região de axilas, virilhas ou mesmo abdômen, que a gente chama de linha nigra, e mamilos. Eles vão se acostumar a diminuir no período pós-parto. Não há muito que possa ser feito, faz parte do processo, evitar exposição direta ao sol por períodos prolongados, a fim de que essas manchas possam depois regredir de uma forma mais natural e precoce” finaliza.

A especialista enfatiza também que os cuidados com a pele durante a gestação não se limitam apenas ao período gestacional, mas também devem ser adotados antes mesmo da concepção. Mulheres que planejam engravidar devem consultar um dermatologista para ajustar sua rotina de cuidados com a pele e garantir uma gestação ainda mais saudável.

Latest Posts

MAIS VISTAS

Pular para a barra de ferramentas