domingo, julho 21, 2024

Últimas Notícias

Home office com conforto: ergonomia e recursos de automatização podem fazer a diferença

Produtividade saudável é uma grande aliada dos profissionais de TI, e a otimização de tarefas e ambientes pode facilitar o trabalho remoto

Adaptação aos fusos horários, bugs não solucionados, chamados que não param de chegar: a rotina de um programador remoto trabalhando para o exterior costuma ser atarefada e intensa. Sem equilíbrio, a falta de organização nas tarefas pode trazer consequências mentais e físicas, como burnout ou problemas de coluna. Por isso, contar com métodos que otimizam não só a tarefa em si, mas também o ambiente e a postura do corpo, pode fazer toda a diferença no home office.

“Ter a mente bem descansada e o corpo relaxado, seguindo uma ergonomia, são peças-chave para um bom dia de trabalho, ainda mais com programação, que exige um jogo de cintura constante. Além de regular o corpo, certos métodos ajudam na conclusão de tarefas e projetos”, explica Samyra Ramos, gerente de marketing na Higlobe, fintech de pagamentos para profissionais brasileiros que trabalham remotamente para os EUA. “Adaptações do ambiente, momentos de descanso, ferramentas confortáveis e técnicas de otimização de tempo são os melhores amigos desses profissionais, e contribuem diretamente para uma maior concentração, produtividade e criatividade”, acrescenta.

Pensando nisso, a especialista da Higlobe aponta cinco dicas tanto para priorizar o conforto quanto para ajudar na produtividade do trabalho. Confira:

Usar dois monitores

Não é uma regra, mas convém aos profissionais usarem duas telas para tocar seu dia a dia no trabalho. Essa configuração permite dividir as tarefas e abas da internet de forma organizada, sem sobrecarregar nenhuma tela com muita informação.

Por exemplo, usar o notebook como principal área de trabalho e ter um monitor como apoio para ouvir música, acessar mensagens de texto, consultar páginas, ou vice-versa. É importante reforçar que ambos devem estar em posições confortáveis para os olhos e a coluna.

Ter uma standing desk

Conhecida também como “mesa office” ou “mesa ajustável”, este móvel permite que se regule a altura como desejar, principalmente para aqueles que gostam de trabalhar em pé após longas horas sentados, uma vez que permanecer muito tempo na mesma posição pode trazer problemas vasculares e outros riscos. A standing desk vem sendo uma aquisição bem aproveitada por muitos profissionais, que optam por essa versatilidade e conforto no home office.

Automatizar tarefas

Ainda que não seja relacionada à ergonomia, com certeza é muito bem-vinda a automação de demandas, principalmente para os programadores que precisam de seu tempo bem aproveitado. Usar ferramentas que fazem os trabalhos manuais, repetitivos e simples, como correções básicas das linhas de código e organização de arquivos, volta o foco e a produtividade para tarefas mais urgentes e que realmente demandam atenção. Assim, o profissional não se distrai e não ocupa sua mente com pequenos ajustes e detalhes da rotina.

Organizar o ambiente

Parece irrelevante, mas manter o quarto, ou escritório, limpo e organizado ajuda a concentrar mais facilmente nas tarefas necessárias. Nesse cenário, uma dica é deixar na mesa somente os itens necessários e que serão de fato utilizados durante o dia. Assim, não há poluição visual para distração e nem a preocupação constante de que precisa limpar e organizar a casa.

Outro ponto é decorar o ambiente de forma visualmente agradável, deixando o espaço acolhedor e energizante, tornando as horas de trabalho mais leves.

Ter momentos de descanso

Prestar atenção nos sinais do corpo e no cansaço mental é um passo fundamental para não se deixar levar à sobrecarga e demais questões de saúde. Estabelecer períodos de pausa ao longo do dia para alongar as pernas, descansar os olhos, tomar água, se alimentar e interagir com pessoas e pets do lar são necessidades básicas para se manter saudável e ter um expediente prazeroso. 

Sobre Higlobe, Inc.

A Higlobe, Inc. é uma empresa de tecnologia financeira que veio revolucionar o mundo dos pagamentos internacionais. Foi fundada em 2020 por Teymour H. Farman-Farmaian e Jeff Bolton, que usaram suas experiências globais para construir uma solução de transferência de pagamento internacional com operações rápidas e sem taxas de transação. Os investidores da Higlobe incluem Battery Ventures, TTV Capital, FjLabs, Reciprocal Ventures, Raptor Group e o empresário Gokul Rajaram.

Latest Posts

MAIS VISTAS