sexta-feira, junho 14, 2024

Últimas Notícias

Dia da atividade física: posso trocar a caminhada por sexo?

Considerado uma atividade física moderada, fazer sexo pode gastar mais calorias que o mesmo tempo de caminhada. Especialista em sexualidade Isabela Cerqueira conta mais sobre essa relação e dá dicas de como turbinar o gasto calórico.

Quer dar uma animada nos treinos? Que tal trocar por uma sessão de sexo? Pode parecer uma ideia maluca de início, mas olha só: estudos já mostraram que transar pode ser considerado uma atividade física de intensidade média. Uma pesquisa da Universidade de Montreal, no Canadá, descobriu que 25 minutos de atividade sexual queimam cerca de 70 calorias. E o gasto calórico pode aumentar dependendo da posição escolhida.”Há posições que exigem mais da musculatura corporal. Algumas exigem isometria para manter a posição, outras equilíbrio, além claro, da atividade cardiovascular pelo esforço dos movimentos. Fazer sexo, dependendo de sua intensidade e posições, pode levar a um bom gasto calórico”, conta Isabela Cerqueira, especialista em sexualidade.

Além da atividade em si, transar traz os mesmos benefícios que os exercícios em relação à sensação de bem-estar. “Assim como acontece depois da prática esportiva, durante o sexo são liberados hormônios relacionados à sensação de recompensa, prazer e bem-estar, que geram a sensação de relaxamento e alívio”, comenta Bela.

E não para por aí! A especialista conta que fazer sexo, por conta da descarga hormonal, pode ajudar na melhora da qualidade do sono, a reduzir o estresse e até mesmo a despertar ainda mais o desejo sexual. “Assim como no esporte, utilizamos a palavra prática ao se referir a sexo pois quanto mais fazemos, melhor desempenho podemos ter. Fazer sexo regularmente, além de ajudar no autoconhecimento do corpo, também estimula a região genital, com aumento de lubrificação, elasticidade da vagina e até no fortalecimento da musculatura da região”, conta.

Sobre as posições que mais gastam calorias, Bela indica as que colocam a mulher em maior atividade e que exigem mais da musculatura corporal. A especialista lista três como sugestão:

1- Agachamento

Não é à toa que a posição tem nome de exercício! Exigindo bastante da musculatura das pernas, nessa posição, o homem fica deitado de barriga para cima, com as pernas dobradas para dar apoio para a parceira. Já a mulher fica por cima, agachando para alcançar a penetração.

2- Batedeira

A posição inicial se assemelha a um abdominal infra com elevação de pernas. A mulher deita de costas com as pernas levantadas, dobrando-as em direção à cabeça, enquanto o parceiro a penetra por cima.

3- Carrinho de mão

Essa posição se assemelha com a de quatro, porém a força de sustentação da mulher fica concentrada nos braços. Enquanto o homem fica de pé, a mulher coloca-se na posição de quatro apoios e, em seguida, estica as pernas para cima de forma que fiquem apoiadas nas coxas do parceiro.
 

Para aqueles que desejam diversificar suas atividades físicas e desfrutar dos benefícios adicionais que o sexo pode oferecer, considerar sua inclusão na rotina de exercícios pode ser uma opção válida e prazerosa! Então, que tal trocar a caminhada por um treino na cama de vez em quando?

Sobre a Good Vibres



A Good Vibres nasceu em 2020 com o intuito de democratizar o acesso aos produtos de bem-estar sexual no Brasil e para auxiliar pessoas a descobrirem sua sexualidade de forma saudável, livre de tabus impostos pela sociedade. Fundada por Isabela Cerqueira, também conhecida como Bela do Céu, pós graduanda em sexualidade e genital influencer, a marca tem curadoria de produtos que respeitam o corpo e maximizam o prazer, prezando pela diversidade dos seus consumidores.
Em constante expansão, desde 2022, a Good Vibres conta também com linha de produtos autorais. Nesse período já foram lançados o Sugador Bestie, Rabbit Samba, Bullet FUN, Sugador e Vibrador 3 em 1 Kiss, e Vibrador Duo, Sense Lube, um lubrificante inovador, e o Fresh Spray Limpa Toy sem Enxágue.

Latest Posts

MAIS VISTAS

Pular para a barra de ferramentas