quarta-feira, julho 24, 2024

Últimas Notícias

Aproveite o fim de semana e conheça histórias de 4 casais que realizaram intercâmbio

A busca pelo termo “Intercâmbio em casal” apresentou um percentual de 68% em junho de 2024, segundo Google

Fazer um intercâmbio sozinho já é uma experiência incrível, (Imagem: Unsplash)mas compartilhar os diversos momentos em um país estrangeiro ao lado do parceiro(a) pode ser ainda melhor. As vantagens são inúmeras, como dividir as despesas com alimentação e hospedagem, além de poder contar com o apoio mútuo tanto para as atividades acadêmicas quanto para os passeios. Muitos estudantes têm o sonho de realizar um intercâmbio. 

Na Pesquisa Selo Belta, 7,8% dos estudantes pretendem realizar um intercâmbio no 2° semestre de 2024, 16,2% no 1° semestre de 2025 e 39,8% no 2° semestre de 2026 ou depois.

Poder realizar esse objetivo com um namorado, por exemplo, é uma forma de amadurecer a relação e criar boas memórias. Em alusão ao Dia dos Namorados, muitas formas de presentear um parceiro(a) surgiram, desde os presentes mais simbólicos e tradicionais até os mais inusitados e surpreendentes, como fazer um intercâmbio. Neste mês, a busca pelo termo “intercâmbio em casal” apresentou um aumento de 68% no dia 4 de junho, segundo dados do Google.

Os jovens são os que mais buscam essa oportunidade de estudar em outro país. De acordo com a Pesquisa Selo Belta, a faixa etária dos clientes que realizaram um intercâmbio em 2023 evidenciou que, em 1° lugar, estavam os jovens de 25 a 29 anos, e em 2° lugar, os de 18 a 24 anos. Normalmente, é nessa idade que a maioria está dando início ou se encontra em uma fase mais sólida de um relacionamento.

“Não é fácil ir para outro país e deixar a família, mesmo que temporariamente, assim como ficar longe da pessoa que você ama e com quem convive diariamente. Dessa forma, o intercâmbio a dois pode ser uma alternativa viável e benéfica para ambos, seja para estudar ou trabalhar. Além de se tornar uma bagagem enriquecedora tanto para a vida pessoal quanto para a profissional”, explica Alexandre Argenta, Presidente da Belta (Associação Brasileira de Agências de Intercâmbio).

A Belta compartilha 4 histórias de casais que realizaram intercâmbio:

Gustavo Rudey Cararo e Heloísa Helena Casarini Silva:

Os estudantes fizeram um intercâmbio para Dublin por meio de uma agência certificada com o Selo Belta. “Eu e Heloísa fizemos um curso de idiomas de duas semanas. A experiência foi incrível, e estar em casal foi muito importante. Aprendemos muito com a cultura, a língua e o povo irlandês. Durante o tempo que estivemos lá, visitamos vários lugares que faziam parte do nosso sonho. Claro que, além dos momentos bons, tivemos os perrengues, e estar em casal foi essencial para que pudéssemos aproveitar ao máximo!”, ressaltou Gustavo.

Mayara Bertuol e Danilo Calçado:

O casal aproveitou a oportunidade para fazer um programa de trabalho de intercâmbio: o Au Pair, nos Estados Unidos. “Tudo começou quando o Danilo decidiu fazer um intercâmbio. Estávamos na faculdade aqui no Brasil, eu cursava Direito e ele Educação Física. Danilo pesquisou e optou pelo programa de Au Pair. O processo para este intercâmbio é extenso, e durante o período em que ele estava organizando os documentos, eu também me interessei pelo programa e decidi me inscrever. Neste tipo de intercâmbio, o participante não tem muita autonomia para escolher a data exata do embarque, mas o destino conspirou a nosso favor e embarcamos no mesmo dia. Foi um ano repleto de experiências incríveis! Tivemos a oportunidade de nos encontrar nos EUA durante o intercâmbio, exploramos diversos lugares que nunca havíamos imaginado e, com certeza, essa vivência mudou o rumo de nossas vidas. Ao retornarmos ao Brasil, concluímos a faculdade e fundamos nossa própria agência de intercâmbio. Hoje, auxiliamos outras pessoas a realizarem o sonho que um dia também se tornou realidade para nós!”, contou Mayara, que administra uma agência com o Selo Belta ao lado de seu marido Danilo.


Matheus Oliveira e Gabriel Lira:

O programa de intercâmbio foi fundamental para que continuassem morando no exterior, e eles são imensamente gratos por tudo o que vivenciam. “Realizar nosso sonho juntos foi a melhor decisão. O apoio da agência certificada com o Selo Belta nos proporcionou a segurança necessária para essa mudança de vida. A ideia de fazer um intercâmbio surgiu na virada do ano, logo após o fim da pandemia. Eu e meu namorado, celebrando o réveillon, decidimos que era o momento perfeito para imergir em uma nova cultura e aprimorar nosso inglês. Após pesquisarmos diversas opções, optamos pela Irlanda. Deixamos nossos empregos e nos lançamos nessa aventura. A experiência foi extremamente enriquecedora. Fizemos amigos maravilhosos, colocamos em prática nossos conhecimentos de inglês e aprendemos muito mais. Vivenciar o dia a dia em um país estrangeiro nos proporcionou momentos inesquecíveis. Exploramos lugares incríveis, como as falésias de Moher e os pubs históricos de Dublin, criando memórias para a vida toda. Essa experiência mudou profundamente nossa visão de mundo, ajudando-nos a crescer como pessoas. Encorajamos todos a fazer um intercâmbio. Viver em outro país, conhecer uma nova cultura e sair da zona de conforto é transformador. O mundo é vasto e cheio de maravilhas esperando para serem descobertas, e o intercâmbio é a chave para abrir esse mundo de possibilidades”, enfatizou Matheus.
 

João Rafael de Sá e Sarah Branco:

“Não fazemos ideia do que é um intercâmbio até estarmos nele. As oportunidades, aventuras e experiências são realmente surreais. Mas nem tudo são flores, pois os momentos difíceis também chegam. Ter alguém para compartilhar as viagens, viver histórias engraçadas e os famosos perrengues é muito legal, porém, nos momentos de saudade, tristeza e desconfiança, a companhia de alguém é mais do que necessária. É essencial! Quando Sarah estava para baixo, eu era a pessoa que dizia: ‘Ei, vamos lá! Estamos vivendo nosso sonho!’ Quando chegou a minha vez de ficar triste, lá estava ela dizendo: ‘Ei, não é você que me põe pra cima? Vai dar tudo certo!’ Foi assim que passamos um ano e meio na Irlanda, vivendo experiências incríveis e nos fortalecendo, tanto individualmente quanto como casal”, disse João, que fez curso de inglês com apoio de uma agência certificado com o Selo Belta. 

Descubra outros programas de intercâmbio oferecidos pelas agências credenciadas pelo Selo Belta, incluindo oportunidades de trabalho voluntário e cursos profissionalizantes. Transforme seu sonho de uma viagem internacional de estudos em realidade, com segurança. Saiba mais, aqui!
 

Sobre a Belta

Criada há mais de 30 anos, a Belta – Associação Brasileira de Agências de Intercâmbio — visa promover a educação internacional no país. Como única associação das Agências de Intercâmbio do Brasil que oferece programas para todo o mundo e sem fins lucrativos, tem como foco certificar com o Selo Belta agências confiáveis no setor, por meio de um processo cuidadoso de análise financeira, técnica e idoneidade das agências. Atualmente, as agências especializadas Selo Belta representam 70% do mercado de educação internacional no Brasil, tendo cerca de 500 pontos de venda em todo o Brasil, 62 associadas colaboradoras que são associações internacionais de instituições de ensino de idiomas, universidades e redes de escolas internacionais, assim como prestadores de serviços afins ao segmento. A qualidade dessas empresas é atestada pelo Selo Belta, oferecendo credibilidade no Brasil e no exterior. A Belta tem prêmios acumulados ao longo desses anos, entre eles, o prêmio internacional STM Awards, considerado o Oscar do segmento de intercâmbio. Foi a primeira associação de agências de intercâmbio que, após receber 5 vezes essa premiação, alcançou o hall da fama. Conheça mais, aqui!

Latest Posts

MAIS VISTAS