sexta-feira, 19 agosto, 2022

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Anitta lança perfume para região íntima; saiba os riscos de usar cosméticos na vulva

Médicas ginecologistas explicam que vagina possui um pH ácido, o que dá ao órgão feminino um odor característico.

A cantora Anitta anunciou nesta quinta-feira (28) que vai lançar um perfume íntimo. De acordo com ela, a colônia “Puzzy” é sua oportunidade de “aproveitar para lucrar” em cima da polêmica de sua tatuagem no ânus.

Embora o comércio de sabonetes e outros tipos de cosméticos seja comum, especialistas alertam que toda vagina tem um odor característico e não há problema algum com isso. O odor não tem nenhuma relação com falta de higiene, é absolutamente normal.

Médicos ginecologistas são categóricos em afirmar que a melhor combinação para cuidar da área é sabonete neutro e água.

“A vagina tem um mecanismo de autolimpeza, por isso não há necessidade de lavar por dentro. Você pode usar um sabonete neutro e água na parte externa, na vulva”, orienta a ginecologista e obstetra Mariana Lemos Osiro, em entrevista concedida ao g1 sobre cuidados com a vulva e sabonetes íntimos.

Já Flavia Fairbanks, mestre e doutora em ginecologia pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), ressalta que “qualquer coisa longe disso pode mudar a constituição do mecanismo de defesa. Cada vez que quebramos essa proteção, estamos expondo o organismo a riscos de outras infecções, bactérias e fungos”.

Além disso, parte da ideia de que a vagina é um órgão sujo e precisa de intervenções constantes para se manter sem cheiros é parte de uma construção social.

“Culturalmente, tem-se a ideia de que a região íntima feminina é suja. Por isso, as mulheres acabam lavando muito, alterando o pH vaginal. A flora vaginal é muito sensível, pode sempre mudar. A mulher precisa tomar cuidado com a limpeza excessiva, o uso de antibióticos e também com o sexo excessivo”, explica Carolina Ambrogini, ginecologista e sexóloga da Unifesp, em entrevista ao g1 sobre os mitos acerca do odor característico da vagina.

Veja Também  Eita! Tyga surge ‘gozando’ em novo vídeo no OnlyFans

Cheiro é natural

Até mesmo o uso de sabonetes íntimos pode alterar o pH vaginal, que é um dos mecanismos naturais de defesa da região íntima da mulher. O equilíbrio desses microrganismos mantém o pH vaginal ligeiramente ácido.

Por essa razão, a vagina tem um odor natural que é saudável. Mas se o cheiro estiver muito forte, similar ao cheiro de água sanitária ou até mesmo de peixe, é hora de procurar ajuda. Mascarar o odor com o uso de produtos não é uma opção segura e não vai tratar a causa do problema.

O fato de a vagina ter esse pH ácido é o principal meio de proteção contra as infecções, pois ele inibe o crescimento de microrganismos patológicos, como as bactérias”, explica Oshiro.

A ginecologista ressalta que caso a mulher sinta um cheiro excessivamente forte, ou tenha outros sintomas como prurido, secreção esverdeada, sangramento excessivo, ela deve procurar um médico para exame clínico e identificação de uma possível infecção.

Com informações do G1

Comentários

Latest Posts

MAIS VISTAS

COMO VOCÊ GASTA O SEU TEMPO?

Assine a newsletter do PORTAL !YOBA e receba conteúdo exclusivo para seu dia.

%d blogueiros gostam disto: