quarta-feira, 30 setembro, 2020

Influenciador e Tenente Breno Freire fala da sua paixão...

“Família em primeiro lugar”, essa é uma das bandeiras da vida do Tenente Breno Freire, que além de ser apaixonado pelo Exército...

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Com câncer terminal, atriz de Barrados no Baile revela planos de despedida

, responsável pela personagem , foi diagnosticada com um câncer de mama já em estágio avançado Diagnosticada...

O Rei Leão: Live-action terá sequência com direção de Barry Jenkins

Cineasta responsável por Moonlight vai comandar filme que deve contar a origem de Mufasa O live-action de O Rei...

A Fazenda: Rodrigo, Raissa, Biel e Juliano estão na roça

Raissa Barbosa está automaticamente na Eliminação de quinta-feira Na noite desta terça-feira (29), em A Fazenda 12, aconteceu a...

Nazca cosméticos amplia linha Origem com produtos botox para todos os tipos de cabelo e loiros

O BTX orgânico também conta com duas opções de finalização — efeito redutor de volume e efeito mais liso 

tenta atrasar votação de PEC da 2ª instância

do busca construir um texto de consenso com a Câmara dos Deputados; tema deve ser apreciado pelo Congresso só em 2020

O presidente do Senado, Davi  (DEM-AP), lançou mão de uma manobra para atrasar a votação de uma proposta que autorize a prisão de condenados em instância. O argumento de Alcolumbre é construir um texto em consenso com a Câmara e não apressar a análise de um projeto diferente. Agora, o tema só deve ser votado em 2020.

A estratégia foi elaborada em reunião nesta quinta-feira, 21, com o presidente da Câmara, (DEM-RJ), deputados e senadores na residência de Alcolumbre. O líder do DEM no Senado, Rodrigo Pacheco (MG), foi escalado para escrever outro projeto sobre a prisão em instância depois de os senadores já terem costurado um texto com o da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro. Nesta quinta-feira, 21, Pacheco e Moro se reuniram em Belo Horizonte para conversar sobre o assunto.

Veja Também  Meirelles afirma que é possível manter preço dos combustíveis na bomba

“Posso garantir que não haverá nenhum tipo de engavetamento de proposta alguma em relação a isso. O que vai se estabelecer é um acordo de vontades, que é um anseio da sociedade e uma necessidade do país”, afirmou Rodrigo Pacheco após reunião de senadores.

A presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Simone Tebet (MDB-MS), manteve a votação da proposta para a próxima quarta-feira, 27. Alcolumbre, no entanto, agendou uma sessão do Congresso Nacional para o mesmo horário da CCJ, às 10 horas. A sessão, destinada a votar projetos que abrem crédito extra no Orçamento, inviabilizaria a votação do texto na comissão do Senado.

Em , o presidente do Senado argumentou que é necessário construir um consenso entre Câmara e Senado. A CCJ da Câmara aprovou, na quinta-feira, 20, uma Proposta de Emenda à Constituição () que permite a prisão de quem for condenado em segunda instância. Já o Senado deu prioridade a um projeto de lei para mexer no Código de Processo Penal definindo a prisão como regra de uma condenação em segundo grau.

Veja Também  Caminhoneiros elogiam acordo e dizem que "assunto está resolvido"

“A importância do tema exige de nós, senadores e deputados, um debate amplo. Trabalhamos pela construção e aperfeiçoamento de uma proposta comum entre as duas Casas”, afirmou Alcolumbre.

bancada “lavajatista” reagiu à estratégia e vai tentar mudar o horário da CCJ na quarta para votar a proposta. “O pretexto é descabível. Todos nós sabemos que a PEC da Câmara tem uma tramitação demorada. Ficou visível a estratégia de protelação”, firmou o líder do Podemos no Senado, Alvaro Dias (PR), ao Estadão/Broadcast. “Querem tumultuar o processo.”

Na próxima terça-feira, 26, a CCJ do Senado vai realizar uma audiência pública com participação de Moro para discutir o tema.

Alcolumbre já havia tentado emplacar outro texto sobre prisão em segunda instância, considerado mais “leve”. Conforme minuta revelada pelo Estadão/Broadcast, o presidente do Senado sugeriu um texto condicionando a possibilidade a regras previstas para a prisão preventiva. A proposta não tornaria automática a prisão após decisão em segundo grau.

Latest Posts

Com câncer terminal, atriz de Barrados no Baile revela planos de despedida

Shannen Doherty, responsável pela personagem Brenda, foi diagnosticada com um câncer de mama já em estágio avançado Diagnosticada...

O Rei Leão: Live-action terá sequência com direção de Barry Jenkins

A Fazenda: Rodrigo, Raissa, Biel e Juliano estão na roça

Raissa Barbosa está automaticamente na Eliminação de quinta-feira Na noite desta terça-feira (29), em A Fazenda 12, aconteceu a...

Nazca cosméticos amplia linha Origem com produtos botox para todos os tipos de cabelo e loiros

O BTX orgânico também conta com duas opções de finalização — efeito redutor de volume e efeito mais liso 

MAIS VISTAS

Luisa Sonza tem nude postado em rede social e desabafa: VEJA FOTO!

A cantora Luisa Sonza, casada com o humorista Whindersson Nunes, foi alvo de um ataque em sua rede social, na manhã deste domingo (03). O invasor...

Influenciador e Tenente Breno Freire fala da sua paixão pelo Exército e seu sucesso nas redes sociais

“Família em primeiro lugar”, essa é uma das bandeiras da vida do Tenente Breno Freire, que além de ser apaixonado pelo Exército...

MTV estreia segunda temporada de ‘The Charlotte Show’

Nesta temporada, Charlotte convida os espectadores a colecionar memórias do trabalho, das comemorações familiares e das viagens únicas ao exterior A série vai compartilhar o...

Marina Brum, a nova Bella da Semana chegou para surpreender

www.belladasemana.com.br A catarinense Marina Brum é a nova Bella da Semana. A modelo, que já fez trabalhos para marcas renomadas como Calvin...

Perlla tem nudes vazados, e imagens se espalham por grupos de WhatsApp

Perlla tem crescido muito no Bigo Live, onde é seguida por mais de 260 mil pessoas. Na rede, é possível ganhar...

COMO VOCÊ GASTA O SEU TEMPO?

Assine a newsletter do PORTAL !YOBA e receba conteúdo exclusivo para seu dia.